domingo, 18 de dezembro de 2016

ūüáģūüáĻ Un regalo ūüéĀdi ūüéÖūüŹĽNatale delizioso per voi!

Ciao!
E sapere che il progetto INSALATA@ ha iniziato qui, con questo blog, per raggiugere l'altro lato dell'Oceano Atlantico, fino ad arrivare in Italia, terra d'origine della mia famiglia Dall'Agnol. E, adesso la mia nuova casa, dove sono venuta a studiare di pi√Ļ su ci√≤ chello che muove il mio cuore da quando il progetto √® nato: la comunicazione nel settore alimentare.
E uso sempre mie ricette per dimostrare che l'insalata può essere davvero un bello e gustoso piatto, ricco di nutrienti che sono buoni per la salute! E vi dico che una delle cose che mi fa piacere è quando qualcuno mi dice che ha cambiato un pò la vita con una delle mie ricette!


Spero di fare cambiare un pò la tua vita, in particolare la tua salute per il meglio!
Cos√¨ ho scritto questo libro con le ricette di insalate per le feste! √ą possibile fare quelli piatti tradizionali (anche nelle versioni pi√Ļ sane) e questi insalate, per lasciare il vostro tavolo bello e delizioso con consapevolezza. Mi piace anche di utilizzare la frutta, la verdura, i semi, i cereali e i semi oleosi acome antepasti pre-cena!

Ho scelto 4 ricette molto gustose che non hanno bisogno di stare al tavolo solo nella festività di fine anno, eh? Si può godere tutto l'anno!
E ricordate: si è (davvero) ciò che si mangia! E la storia di ciò che si mangia! ;)

Per scaricare l'e-book in italiano, che √® gratuito, √® facile! Si devi solo andare du questo link e compilare i dati!

E ricordatevi di pubblicare le immagini delle insalate con la hashtag #SaladasDaGy e così posso vedere anche io! :)

Buon Natale e un nuovo anno pieno di roba buona!
Baci
Gy


domingo, 11 de dezembro de 2016

ūüáßūüá∑Preparamos um ūüéĀpresente de ūüéÖūüŹĽNatal delicioso para voc√™!

Ol√°!
E saber que o Projeto SALADA@ come√ßou aqui, com este blog, e ultrapassou as fronteiras do nosso Brasils√£o! Foi parar na Europa! Mais precisamente na It√°lia, terra de origem da minha fam√≠lia Dall'Agnol e a minha nova casa, onde vim para estudar mais sobre o que move o meu cora√ß√£o desde que o SALADA@ nasceu: a comunica√ß√£o na √°rea de alimentos.


Desde sempre, uso as minhas receitas para provar que a salada pode sim ser um prato bonito e saboroso, al√©m de cheio de nutrientes que fazem bem para a sua sa√ļde! E quero te contar que uma das coisas que mais me realiza √© quando uma pessoa me conta que transformei um pouco a vida da sua fam√≠lia com uma das minhas receitas! 

Espero tamb√©m transformar um pouquinho a sua vida, e especialmente a sua sa√ļde, para melhor!
Por isso escrevi este livro com receitas de saladas para as festas de final de anoVoc√™ pode fazer os pratos tradicionais (inclusive em vers√Ķes mais saud√°veis) e lindas saladas que v√£o deixar a sua mesa linda e gostosa, sem consci√™ncia pesada. Eu gosto tamb√©m de usar frutas, verduras, sementes, cereais e oleaginosas nos antepastos e “belisquetes” pr√©-ceia! Fica a dica!

Escolhi 4 receitas super gostosas, que n√£o precisam ficar na sua mesa apenas nas festas de final de ano, heim? Aproveite-as o ano todo!

E, lembre-se: você (realmente) é o que você come! E a história do que você come! ;)

Para baixar o e-book em portugu√™s, que √© gratuito, √© f√°cil! Basta acessar este link http://pages.rdstation.com.br/salada-e-book-receitas-de-natal, preencher os dados e depois, m√£o na massa! Ou melhor! Na salada!

E, lembre-se de postar fotos das saladas que fizerem com a hashtag #ProjetoSalada e assim eu poderei ver! :)

Tenha um feliz natal e um novo ano cheio de coisas boas!
Beijos da Gy


Uma viagem bals√Ęmica!

Voc√™ sabia que o aceto bals√Ęmico de Modena √© um produto I.G.P. (Indicazione Geografica Proteta) e s√≥ pode ser produzido na regi√£o? √Č degustado no mundo inteiro, mas fabricado somente na It√°lia (na regi√£o). Eu pude conhecer um pouco mais sobre o produto direto na fonte: no acetif√≠cio De Nigris - primeiro produtor de aceto bals√Ęmico da It√°lia, em Carpi, na regi√£o de Modena.


As receitas s√£o v√°rias, sempre seguindo as indica√ß√Ķes do disciplinar que rege a produ√ß√£o para a √°rea geogr√°fica protegida (onde √© permitido produzir aceto bals√Ęmico). A base do aceto bals√Ęmico √© o mosto de uva, cuja concentra√ß√£o pode variar de 20% a 90% (quando mais mosto, mais original, mais concentrado e mais gostoso). O restando do percentual √© composto com vinagre de vinho (10% a 80%) e um percentual de 2% de caramelo. Sempre √© bom ler o r√≥tulo na hora de escolher um (bom) aceto bals√Ęmico.


√Č importante estar atento principalmente se voc√™ pretende usufruir dos benef√≠cios que o aceto bals√Ęmico oferece √† sa√ļde. Estudos apontam que, assim como o vinho (que tamb√©m vem da uva), o bals√Ęmico √© rico em flavonoides e antioxidantes, que protegem as c√©lulas e ajudam a prevenir doen√ßas cardiovasculares.



Al√©m de tudo isso, a tradi√ß√£o do bals√Ęmico de Modena gera tamb√©m turismo. A De Nigris inaugurou um parque tem√°tico chamado "Bals√Ęmico Village", o primeiro parque tem√°tico do mundo, dedicado ao produto. S√£o 40 mil metros quadrados dedicados ao produto, com 70 hectares de vinhas, cantinas onde repousam 7 milh√Ķes de litros de aceto bals√Ęmico modenese e um panorama do "vale bals√Ęmico" entre Carpi e Correggio. No percurso guiado s√£o apresentadas a hist√≥ria e a cultura a respeito deste produto tipicamente italiano (ou modenese) t√£o antigo, apreciado pelo muito inteiro.


Para dar ainda mais vontade de conhecer, selecione para voc√™ a receita desta saladinha deliciosa, preparada com o bals√Ęmico glaze 100% natural da de Nigris.
Bom apetite!
E te espero na It√°lia!
Beijos da Gy

Salada de salm√£o ao bals√Ęmico glaze

- 1 maço de alface crespa
- 1 ma√ßo de r√ļcula
- 150g de filé de salmão
- 2 fatias de mel√£o 
- Pimenta preta em gr√£o
- Sal marinho n√£o refinado
- Azeite de oliva
- Bals√Ęmico glaz√©

Tempere o salm√£o com sal e pimenta. Asse em forno pr√©-aquecido por 20 minutosa 180 graus. Depois, desfie.
Lave e rasgue as folhas em pedaços menores.
Corte o mel√£o em cubos pequenos.

Para servir, forre o fundo do prato com as folhas rasgadas e tempere-as com azeite de oliva, sal e pimenta preta mo√≠da na hora. Disponha o mel√£o e o salm√£o. E finalize regando com o bals√Ęmico glaz√©.

*******************************

Insalata di salmone con glassa balsamica

- 1 manciata di lattuga
- 1 manciata di rucola
- 150g di filetto di salmone
- 2 fette di melone
- Pepe nero
- Sale marino non raffinato
- Olio d'oliva
- Balsamico Glaze

Condire il salmone con sale e pepe. Cuocere in forno preriscaldato per 20 minuti, a 180 gradi. Dopo, sfilacciarsi.
Lavare e strappare le foglie in pezzi pi√Ļ piccoli.
Tagliate il melone a dadini.
Per servire, mettere nel fondo del piatto le foglie strappate e condire con olio d'oliva, sale e pepe. Disporre il melone e il salmone. E finire con glassa balsamica.


#salada #insalata #salad #ProjetoSalada #SaladasDaGy

domingo, 4 de dezembro de 2016

Inovação com sabor de tradição e muito mais

Com o desenvolvimento do Projeto SALADA@ estou descobrindo cada vez mais que comida √© cultura, comida √© gente, √© terra, √© lugar, √© raiz. Comecei a descobrir isso no Brasil e, quando vim para a It√°lia, pela primeira vez, entendi que tudo nasce porque comida √© hist√≥ria! Uma hist√≥ria que vem sendo constru√≠da h√° muitos anos, e que reflete na hist√≥ria da nossa imigra√ß√£o italiana (digo nossa porque √© a minha raiz). E √© por isso que agora voltei √† It√°lia, para conhecer e estudar esse mundo da cultura gastron√īmica italiana.


Neste fim de semana, fui at√© Veneza (o que n√£o foi um grande esfor√ßo) para participar da feira LovEat e conferir as tend√™ncias deste guloso mundo dos alimentos e bebidas "made in Italy". Todo m√™s s√£o colocados centenas de novos produtos alimentares no mercado, e muitos para o mercado saud√°vel, que cresce exponencialmente. Mas, quando a inova√ß√£o tem sabor de tradi√ß√£o, tudo fica diferente. E uma das surpresas da LovEat para mim foi a marca Le Spiritose di Bologna, uma marca de Casalecchio di Reno, cidadezinha linda que fica coladinha em Bologna, onde tenho grandes amigos, ali√°s. O stand me chamou aten√ß√£o imediatamente pelas cores da marca e pelo nome. E, em seguida, ca√≠ na tenta√ß√£o de experimentar todos os produtos (org√Ęnicos e veganos), quando descobri que alguns deles s√£o uma releitura inovadora de receitas de fam√≠lia da idealizadora da empresa, a Simonetta. Um sabor √© mais surpreendente que o outro! Mas, especialmente essa gelatina de vinho com tomilho e rosmarino, pra mim, tem gosto de inf√Ęncia. Agora, s√≥ falta criar uma salada com essa del√≠cia! Aguarde!


Outra hist√≥ria da LovEat (e que est√° s√≥ come√ßando) foi conhecer mais da cultura do prestigioso "radicchio di Treviso IPG" - o rei das chic√≥rias. Das outras vezes que vim para It√°lia era ver√£o, e eu n√£o tinha conseguido experimentar o t√£o famoso produto da regi√£o de Treviso. Agora, finalmente, como cheguei ainda no outono, vou ter alguns meses para me deliciar com esta linda flor que tem um m√©todo de cultivo todo especial e passa por uma prepara√ß√£o cuidadosa at√© chegar √† mesa dos italianos. Infelizmente, ainda n√£o est√° dispon√≠vel no Brasil este tipo de chic√≥ria. Voc√™ certamente vai me ouvir falar muito sobre ela ainda, porque a gentil Irene, da Ortodoro, que abriu para mim a porta desta linda estrada j√° em convidou para ir l√° para conferir a produ√ß√£o e experimentar deliciosas receitas tradicionais. Ent√£o, espera porque vem muita hist√≥ria por a√≠!


Um projeto que despertou a minha aten√ß√£o chama-se My Venice, que pretende reunir os produtos tradicionais do Veneto sob uma s√≥ marca e levar a cultura da gastronomia veneta para toda a It√°lia atrav√©s dos produtos e, quem sabe, para o mundo. O projeto vai das frutas ao vinho, passando pelas massas, S√£o 366 produtos tradicionais de qualidade, sendo 21 produtos com denomina√ß√£o de origem protegida ou indica√ß√£o geogr√°fica protegida. Entre eles, o kiwi, fruta da qual o Veneto √© grande produtor, al√©m das ma√ßas e das peras, que t√™m uma tradi√ß√£o na produ√ß√£o regional. E, para a minha felicidade, o projeto j√° tem tamb√©m salada! Folhinhas verdinhas deliciosas j√° lavadas, prontas para o consumo, para facilitar a vida! Este √© outro projeto que vou conferir melhor e, claro, vou contar toda essa hist√≥ria pra voc√™!



Bora l√°?
Innovazione con sapore di tradizione e molto di pi√Ļ
#innovazione #biologico @loveat2016
#loveat2016 #cibo #ProdottoItaliano #TrendFood #food #Venezia #Veneto#Italia #MarketingDelCibo #PubblicheRelazioni #PR #ProgettoInsalata
Vem comigo nessa história!
Me acompanha pelo instagram @gydallagnol e pela p√°gina facebook.com/saladasdagy
Beijos pra ti

****


Con lo sviluppo del Progetto INSALATA@ sto scoprendo che il cibo √® cultura, il cibo √® la gente, √® la terra, √® posto √® radice. Ho cominciato a scoprire questo ancora in Brasile, e da quando sono venuta in Italia per la prima volta, ho capito che tutto nasce dal fatto che il cibo √® storia! Una storia che √® stata costruita per molti anni, e che riflette la storia della nostra immigrazione italiana in Brasile (dico nostra perch√© √® la mia radice). Ed √® per questo che ora sono tornata in Italia per scoprire di pi√Ļ e studiare questo mondo della cultura gastronomica italiana.

Questo fine settimana, sono stata a Venezia (che non √® stato un grande sforzo) per partecipare alla fiera LovEat e guardare le tendenze  "made in Italia". Ogni mese vengono inseriti centinaia di nuovi prodotti alimentari sul mercato, e molti nel mercato per la salute, in crescita esponenziale. Ma quando l'innovazione incontra la tradizione di gusto, tutto √® diverso. E una delle sorprese di LovEat per me√® stata Le spiritose di Bologna, un marchio di Casalecchio di Reno (BO), bella citt√† dove ho grandi amici. Lo stand ha attirato la mia attenzione immediatamente dai colori del marchio e del nome. E poi sono caduta nella tentazione di provare tutti i prodotti (biologici e vegani), quando ho scoperto che alcuni sono una reiterpretazione innovativa di ricette della famiglia di Simonetta. Uno gusto √® pi√Ļ sorprendente rispetto agli altri! Ma soprattutto quello della gelatina di vino con timo e rosmarino, per me, ha il gusto infanzia! Ora, ho bisogno di creare un insalata con questa meraviglia! Aspetta!

Un'altra storia di LovEat (e che è solo all'inizio) è stata quella di conoscere meglio la cultura del pregiato "radicchio di Treviso IPG" - il re delle cicoria. Nelle altre volte che sono venuta in Italia era estate, e non ho avuto la fortuna di assagiare il famoso prodotto della zona di Treviso. Ora, finalmente, come sono arrivata ancora in autunno, avrò un paio di mesi per deliziarmi me con questa bella fiore che ha un metodo di coltivazione molto speciale e comporta un'attenta preparazione per arrivare al tavolo degli italiani. Purtroppo, non è ancora disponibile in Brasile questo tipo di cicoria. Sentirai sicuramente parlare molto su di questo ancora, perché la dolce Irene, del Ortodoro, che mi ha aperto per la porta di questa bella strada, mi ha già invitato ad andare lì per conoscere la produzione e assagiare deliziose ricette tradizionali. Quindi aspettate, perché si tratta di un sacco di storia!

Un'altro progetto che ha attirato la mia attenzione si chiama My Venice, che ha lo scopo di riunire i prodotti tradizionali del Veneto sotto un unico marchio e portare la cultura del cibo Veneto in tutta l'Italia attraverso i prodotti e, forse, al mondo. Il progetto va dalla frutta al vino. Sono 366 prodotti tradizionali di qualit√†, dei qualli 21 prodotti a denominazione di origine o indicazione geografica protetta. Tra questi, kiwi, mele e pere, che hanno una tradizione nella produzione regionale. E per la mia felicit√†, il progetto ha anche insalata fresca, gi√† lavata, per rendere la vita pi√Ļ facile! Questo √® un altro progetto su qualle devo conoscere di pi√Ļ e, naturalmente, ti racconto tutta la storia!

Andiamo insieme?
Mi puoi seguire su instagram @gydallagnol e mettere "mi piace" sulla pagina facebook.com/saladasdagy
Baci


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Sobre poder morrer depois de conhecer Napoli!

Tem um ditado que diz que: depois que voc√™ conhece Napoli, pode morrer! O dizem, naturalmente, os napolitanos. Mais lindo ainda quando falado no pr√≥prio dialeto local - se voc√™ conseguir entender.  Eu concordo e, me perdoem os napolitanos, mas acho que o ditado se aplica tamb√©m a muitos outros lugares aqui na It√°lia.  Mas, que Napoli √© linda, √© mesmo! De tirar o f√īlego! Ainda mais quando se √© apresentado a ela por napolitanos. 




Eu pude conhecer melhor a "bella" Napoli por ocasi√£o de um evento do acetif√≠cio De Nigris, que tem sede em Napoli. No ano anterior eu estive na filial de Modena, onde s√£o produzidos os acetos bals√Ęmicos. Ali√°s, voc√™ sabia que o aceto bals√Ęmico de Modena √© um produto I.G.P. (Indicazione Geografica Proteta) e s√≥ pode ser produzido na regi√£o? Essa informa√ß√£o √© importante! Esteja bem atento quando voc√™ for comprar um aceto bals√Ęmico. Em um pr√≥ximo post vou falar mais sobre o aceto bals√Ęmico.

Para o evento em Napoli, intitulado de "Un viaggio balsamico: Brasil - Itália", eu selecionei quatro receitas de saladas com frutas para remeter à ideia do "Brasil tropical", usando quatro diferentes produtos de Nigris em cada uma:
- vinagre de ma√ß√£ org√Ęnico
- aceto bals√Ęmico 65% mosto de uva
- vinagre com polpa de fruta, sabor manga
- bals√Ęmico glaze 100% natural

E contei com a ajuda do entusiasmado e alegre chef italiano Valerio Laudatti. (Que ainda, no dia seguinte, me levou para fazer compras de motinho.)


Dif√≠cil dizer qual receita agradou mais os napolitanos, felizmente. E o digo pelas palmas e pelos abra√ßos com que eles me cumprimentaram ao final do evento. Para este post, escolhi uma das minhas preferidas! 
Espero que você goste!
Beijos da Gy


Salada de camar√Ķes com vinagre de manga

- 100g de camar√Ķes m√©dios limpos
- 1 colher de ch√° de sementes de erva-doce
- 1 colher de sopa de queijo ralado
- 2 fatias de abacaxi
- 4 morangos
- 1 maçã pequena ou meia
- 1 manga pequena ou meia
- 1 colher de sopa de castanhas de caju
- 1 colher de sopa de avel√£s
- √ďleo extra virgem de oliva
- Vinagre com polpa de manga
- Sal marinho n√£o refinado
- Pimenta preta em gr√£os

Tempere os camar√Ķes com sal e pimenta. Reserve por 20 minutos, pelo menos.
Corte em cubos pequenos o abacaxi, a manga e a maçã.
E corte os morangos ao meio.
Toste as avel√£s e as castanhas em uma frigideira antiaderente.
Depois, unte a frigideira com um fio de azeite de oliva e doure os camar√Ķes.
Para servir, misture delicadamente todos as frutas com os camar√Ķes, as oleaginosas, o queijo e as sementes de erva-doce. Finalize regando com o azeite de oliva e o vinagre com polpa de manga.

***********************

Insalata di gambereti con aceto di mango

- 100g di gamberetti puliti
- 1 cucchiaino di semi di finocchio 
- 1 cucchiaino di formaggio grattugiato
- 2 fette di ananas
- 4 fragole
- 1 piccola mela o mezza
- 1 piccola manica o mezza
- 1 cucchiaio de anacardi
- 1 cucchiaio di nocciole
- Olio extravergine di oliva
- Aceto con polpa di mango
- Sale marino non raffinato
- Pepe

Condire i gambereti con sale e pepe nero 20 minuti prima.
Tagliare a cubetti l'ananas, la manica e la mela.
E tagliare le fragole a metà.
Tostare le nocciole e le noci in una padella.
Poi ungere la padella con olio d'oliva e cucinare i gamberetti.
Per servire, mescolare delicatamente tutta la frutta con gamberetti, formaggio, nocciole, anacardi e semi di finocchio. Finalizzare con olio d'oliva e aceto con polpa di mango.



#salada #insalata #salada #ProjetoSalada #SaladasDaGy #Brasil #Italia

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Para uma vida com sa√ļde e prosperidade: rom√£

Pelo menos lá em casa (no Brasil), em geral comprávamos Romã somente para a festa de Ano Novo, para fazer aquelas simpatias típicas de final de ano. A romã é cheia de sementes, e por isso é associada à prosperidade, à fartura e à fertilidade.


Mas, você sabia que a Romã não é uma fruta? Na verdade, cada um dos seus pequenos gomos é uma fruta, que contém uma semente em seu interior. Essas dezenas frutinhas, além de lindas e deliciosas, são fonte de longevidade. Na Turquia, dizem que quem consome chá ou suco de romã regularmente, dura mais de 100 anos. Aqui na Itália, me disseram que comendo romã na sua época (é uma fruta típica de outono), é possível evitar resfriados no inverno.

Como a cultura popular sempre tem um fundo de verdade, a hist√≥ria e a ci√™ncia corroboram a cren√ßa de que a rom√£ faz bem √† sa√ļde. Ela √© uma grande fonte de antioxidantes que retardam o envelhecimento e previnem doen√ßas. Na estrada que fa√ßo diariamente, tem um p√© de rom√£ e os passarinhos est√£o sempre por ali, comendo rom√£. Como a natureza √© s√°bia, eles tamb√©m est√£o em busca dos benef√≠cios da rom√£.



Tenho visto por aqui algumas receitas que me chamaram atenção, de pratos com romã. E por isso resolvi fazer uma nova salada com ela.
Espero que você goste!
Beijos da Gy

Salada de abóbora com romã e cevada


- 1 pedaço de abóbora

- 3 colheres de sopa de sementes de rom√£
- 3 colheres de sopa de cevada sem pele
- 1 pedaço pequeno de alho poró
- 3 nozes
- 2 folhas de chicoria roxa
- 1 dente de alho
- 1 pitada de pimenta calabresa
- 1 pitada de folhas de alecrim
- √ďleo extravirgem de oliva
- Sal rosa

Cozinhe a cevada em √°gua fervente por cerca de 20 minutos.

Descasque a abóbora e corte em cubos pequenos. Cozinhe em uma frigideira com um pouco de água, alho, pimenta e alecrim. Cozinhar com a tampa por cerca de dez minutos, mexendo sempre. Ao final, adicionar um fio de óleo e juntar a cevada já cozida.
Corte o alho poró em rodelas finas (pode ser levemente dourado em uma frigideira com um fio de óleo).
Lavar as folhas de chicória e cortar em tirinhas finas,
Pique as nozes.
Para servir, misture todos os ingredientes deixando por √ļltimo as sementes de rom√£.
Tempere com sal rosa e um fio de óleo.

********************************


Insalata di zucca con melograno e orzo


- 1 pezzo di zucca

- 3 cucchiai di semi di melograno
- 3 cucchiai orzo perlato
- 1 pezzetto di porro
- 3 noci
- 2 fogli di radicchio spadone
- 1 spicchio d'aglio
- 1 pizzico di peperoncino
- 1 pizzico di rosmarino fresco
- Olio extravergine di oliva
- Sale rosa

Cuocere l'orzo in acqua bollente per circa 20 minuti.

Sbucciare la zucca e tagliarla a dadini. Cuocere in una padella con un po 'd'acqua, aglio, peperoncino e rosmarino. Cuocere con il coperchio per circa dieci minuti, mescolando continuamente. Alla fine, aggiungere un filo di olio e unire l'orzo già cotti.
Tagliare il porro a fettine sottili (può essere leggermente dorato in una padella con un filo d'olio).
Lavare il radicchio e tagliare sottile.
Tritare i noci.
Per servire, mescolare tutti gli ingredienti e, al finale, i semi di melograno.
Finire un un pizzico di sale rosa e un filo di olio.


#Salada #Insalata #ProjetoSalada #SaladasDaGy




domingo, 13 de novembro de 2016

Cuide bem da sa√ļde do seu corpo (e do seu bolso) consumindo produtos de √©poca

Os produtos da esta√ß√£o fazem para para a sa√ļde do seu corpo e do seu bolso. Quando colhidos em sua √©poca, as frutas, verduras e legumes est√£o em seu auge nutricional e, por isso, mais saborosas, mais saud√°veis e mais baratas.

Acesse SALADA@ TV e compartilhe o v√≠deo a dica, produzido para o projeto #SicrediMulher.

Aqui na It√°lia, em outubro come√ßa a esta√ß√£o de uma coisa que eu adoro: o "radicchio" (que n√≥s chamamos, no Brasil, de chic√≥ria roxa). Tem muita gente que torce o nariz para o seu gosto amargo, mas √© quest√£o de tempo e de se permitir, eu garanto! Aqui, a partir de outubro √© poss√≠vel comprar facilmente nos mercados locais uma variedade de "radicchio" de todos os tipos, super fresquinhos, direto de produtores locais (quilometro zero),  a pre√ßos mais acess√≠veis. Bom demais, n√£o √©?


São vários tipos: variegato, spadone, rosa, verona rosso, chioggia, treviso. Um mais lindo e mais saboroso do que o outro, todos usados nos mais diversos pratos, além da salada. Desde simplesmente preparado na frigideira com um bom óleo de oliva extravirgem até deliciosos risotos e massas preparados com radicchio.


Quem j√° esteve comigo em cursos e eventos sabe que eu j√° tinha adora√ß√£o pela nossa "chic√≥ria roxa" e, sinceramente, agora mais ainda. Estou disposta a descobrir muito mais sobre essas deliciosas e lindas varia√ß√Ķes da fam√≠lia das chic√≥rias.



Para hoje, uma saladinha de "radicchio" com inspiração bem italiana!
Beijos da Gy

Salada de radicchio com cogumelos


- 3 folhas de endívia
- 3 folhas de chicória roxa

- 3 folhas de acelga
- 1 cebola branca
- 1 punhado de funcho
- 5 cogumelos frescos
- Sal rosa
- Azeite de oliva
- Bals√Ęmico glaz√®
Corte a cebola em rodelas finas e caramelize em uma frigideira antiaderente adicionando água aos poucos e mexendo até dourar bem.
Lave e centrifugue as folhas - use, preferencialmente, folhas pequenas para mantê-las inteiras. Ou, se forem folhas grandes, rasgue em pedaços menores.
Higienize os cogumelos com um pano √ļmido e corte-os em fatias finas.
Disponha as folhas no fundo do prato, os cogumelos em fatias e as rodelas de cebola caramelizada. Tempere com o sal e regue com azeite de oliva e bals√Ęmico glaz√©.

********************************

Insalata di radicchio con funghi

- 3 foglie di indivia
- 3 foglia di radicchio
- 3 foglie di bietole
- 1 cipolla dolce
- 1 finocchio pìccolo
- 5 funghi freschi
- Sale rosa
- Olio d'oliva
- Balsamico Glaze

Tagliare la cipolla a fettine sottili e caramellare naturalmente in una padella antiaderente, aggiungendo lentamente acqua.
Lavare le foglie e strappare in pezzi pi√Ļ piccoli.
Sterilizzare i funghi con un panno umido e tagliateli a fettine sottili.
Disporre le foglie sul fondo del piatto, i funghi a fette e la cipolla caramellata.
Aggiustare il sale e condire con olio d'oliva e glassa.



#salada #insalata #ProjetoSalada #SaladasDaGy #Brasil #Italia



terça-feira, 20 de setembro de 2016

Muito além do queijo, uma experiência

Essa √© a proposta da Casa da Ovelha, ser muito al√©m de um latic√≠nio, oferecer muito mais do que queijos e derivados do leite. E sim, propor uma verdadeira experi√™ncia para quem vai visitar a sede da empresa, em Bento Gon√ßalves, na Serra Ga√ļcha. Isso porque voc√™ pode conhecer pessoalmente as ovelhinhas que d√£o o leite para a produ√ß√£o dos deliciosos produtos, ver onde elas vivem e saber como elas s√£o tratadas. Isso certamente vai mudar a percep√ß√£o sobre o produto que voc√™ consome. 


No Parque da Ovelha, que recebe visitantes de todos os cantos do Brasil, e tamb√©m do exterior, voc√™ pode passar o dia. E, melhor, com a fam√≠lia, por que h√° uma s√©rie de atividades que incluem at√© a amamenta√ß√£o das ovelhinhas - essa as crian√ßas certamente v√£o adorar! As atividades variam conforme a √©poca do ano e voc√™ pode consultar o site para saber mais ou entrar em contato: http://www.casadaovelha.com.br/

Os bebezinhos adoraram os fiapos do meu jeans e o cinto do meu casaco italiano! Acho que j√° estavam querendo a segunda mamadeira do dia!
No plano sensorial, ao visitar o Parque da Ovelha, voc√™ pode viver uma experi√™ncia gustativa com os produtos da marca e outros sub-produtos agregados, como a cerveja que leva a lactose do leite de ovelha, no lugar do a√ß√ļcar. E tudo isso num clima muito caseiro e de coopera√ß√£o, porque a cerveja √© produzida pela cervejaria vizinha.


Mas, se voc√™ est√° sem tempo para viajar at√© a Serra Ga√ļcha, mesmo assim, j√° pode ter bons motivos para aumentar o consumo de derivados do leite de ovelha: 
- Não contém lactose.
- O teor de proteínas é superior em relação a outros tipos de leite e, além disso, são proteínas de alto valor biológico.
- Os gl√≥bulos de gordura s√£o menores, o que proporciona maior digestibilidade e uma cremosidade √ļnica.
- Contém 50% a mais de cálcio, quando comparado ao leite de vaca.
- Contém vitaminas A, B1, B2, B12 e C.


Entre os produtos da marca, o que eu escolhi para esta receita foi o queijo feta. Por ser naturalmente mais salgado, o uso do feta na receita ajuda a dispensar o sal como ingrediente.
Espero que você goste!
:)
Beijos da Gy


Salada de ameixa com queijo feta

Ingredientes:
- 1 ameixa vermelha fresca 
- 1 cebola branca 
- 1/2 bulbo de funcho pequeno 
- 1 punhado de alface mimosa roxa 
- 5 capuchinhas 
- 1 colher de sopa de passas de uva 
- 80g de queijo feta de ovelha 

Para o molho: 
- 1 punhado de folhas de funcho 
- 1 punhado de folhas de hortel√£ 
- 1 colher de sopa de castanhas de caju 
- Suco de 1 lima 
- 1 colher de sopa de vinagre de mel 
- 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem 
- Raspas de casca de lima 

Modo de preparo: 
Corte a cebola em rodelas finas e leve para caramelizar em uma frigideira antiaderente, em fogo baixo, mexendo at√© caramelizar naturalmente. Adicione √°gua, se necess√°rio. N√£o h√° necessidade de adicionar ado√ßante ou gordura. 
Lave e centrifugue a alface e as capuchinhas. Rasgue a alface em peda√ßos pequenos e separe apenas as p√©talas das flores. 
Lave e corte a ameixa (com casca) e o bulbo do funcho em l√Ęminas finas. 
Corte o queijo em cubos pequenos. 
Para o molho, triture as folhas de hortel√£o e de funcho. E triture tamb√©m as castanhas de caju, mas, deixando alguns peda√ßos maiores. Junte o restante dos ingredientes e misture bem. 

Montagem: 
Misture cuidadosamente a alface, as flores e as l√Ęminas do bulbo do funcho e coloque em um prato. 
Disponha sobre a mistura as l√Ęminas de ameixa, os cubos de queijo, a cebola caramelizada e as passas. 

Regue com o molho.



#BlogSalada #SaladasDaGy

domingo, 11 de setembro de 2016

6 aparelhos que n√£o podem faltar na sua cozinha

E sabes que, no come√ßo de tudo, eu n√£o tinha aparelho nenhum para facilitar a minha vida na cozinha, mas, quanto mais fui me aventurando e me aprimorando, fui descobrindo que existem v√°rios que podem ajudar e muito! Acho que voc√™ vai gostar de conhecer alguns dos meus apetrechos, sem os quais eu n√£o vivo. Ou melhor, as minhas saladas n√£o vivem! 

Por isso, fiz uma listinha dos 6 principais aqui! Todos eles voc√™ encontra facilmente em lojas de utens√≠lios para cozinha ou pela internet. 
Espero que gostes deles, tanto quanto eu!
Beijos da Gy

Essa √© a primeira da lista! E eu n√£o vivo (mais) sem! Mas, tenho que confessar: eu achava a maior bobagem! S√≥ at√© descobrir o quanto √© bom comer folhas bem sequinhas. Folhas com √°gua escorrendo, nunca mais! Sem contar que voc√™ pode lavar toda a sua salada e, se secar bem, pode ter as folhas garantidas para a semana inteira. A centr√≠fuga para saladas √© a queridinha, sem d√ļvida! Fica a dica: compre uma grande para poder secar uma quantidade maior de folhas a cada vez. Marca: Brinox


Para variar nos cortes, não pode faltar um bom processador de legumes. Eu gosto muito deste manual porque é prático e funciona bem para os cortes que mais uso. Marca: Multienergy


Este outro, eu brinco que √© irm√£o mais novo ou primo do primeiro. √Č um triturador manual, super √ļtil para triturar temperos, alho, cebola e oleaginosas. De novo, gosto dele assim, manual mesmo, pela praticidade. E ainda d√° pra fazer um treininho de bra√ßo! Marca: Multienergy.

E essa panela, ah sim, essa é fundamental! Principalmente nos dias mais frios, para fazer saladas com ingredientes amornados. Isso porque o vapor é uma das formas de cocção que menos prejudica os nutrientes dos legumes e verduras. Logo, não vivo sem ela! Marca: Brinox.




Destes eu já testei vários: moedores de sal e pimenta! Mas, essa duplinha aqui foi a que me ganhou, até agora! Funciona bem e não emperra! Fundamental na cozinha, porque o bom do sal e da pimenta é moer na hora! Marca: Tramontina.


Facas são fundamentais em qualquer cozinha, claro. Para as saladas, esse kit de facas de legumes é ótimo. Mas, cuidado, porque cortam mesmo! Sempre digo, se são boas para sua finalidade, são perigosas também! Esteja sempre atento! Marca: Tramontina.

#ProjetoSalada #SaladasDaGy